top of page
  • Foto do escritorEquipe

Quais são as principais ômicas e o que você precisa saber sobre elas?


As “Ciências Ômicas” surgiram a fim de suprir a necessidade de estudo, caracterização, identificação e quantificação de componentes em sistemas celulares. Com isso, elas possuem o objetivo de entender cada vez mais os processos intracelulares e extracelulares que ocorrem em um determinado organismo. Tais “ciências” ou tecnologias ômicas dividem-se em 4 principais áreas: Genômica, Transcriptômica, Proteômica e Metabolômica, e cada uma foca sua pesquisa em determinado ramo biológico. Para melhor compreensão, entende-se:


Genômica: estuda os dados oriundos do genoma, ou seja, foca na pesquisa de toda a sequência do material genético do organismo.


Transcriptômica: analisa os RNAs que atuam na célula durante a expressão gênica, e assim, relaciona-os com as adaptações fisiológicas da célula.


Proteômica: ocupa-se do estudo das proteínas oriundas da expressão gênica, e por meio dela, pode-se investigar grupos específicos de proteínas, expressas em uma determinada condição.


Metabolômica: ciência que quantifica e qualifica o resultado da atividade das proteínas, ou também conhecidos como metabólitos, e por meio dela, pode-se observar as concentrações e as influências sofridas por fatores genéticos e externos.


Aplicações das Ciências Ômicas


O conhecimento adquirido através de tais pesquisas possuem grande impacto em diferentes áreas, uma vez que consegue identificar pequenas diferenças no organismo e indicar mudanças para patologias, adaptações, melhorias genéticas, entre outros. A partir disso, essas tecnologias ajudam na identificação de doenças ainda no início, no aprimoramento genético de cultivos e em inovações no entendimento do genótipo/fenótipo em organismos, compreendendo melhor seus processos evolutivos. Já ao se pensar especificamente na saúde humana, as ferramentas/metodologias ômicas, demonstram imensa importância por permitirem observar, através das pequenas diferenças do genoma, predisposições para patologias, adaptações e/ou melhorias genéticas.


Dessa forma, a integração destas ferramentas apresenta potencial para a identificação de alterações precoces no desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), assim como para a diferenciação entre indivíduos que respondem bem, ou não, a intervenções dietéticas. Entende-se que os estudos envolvendo genômica, transcriptômica, proteômica, metabolômicas, ciências integradoras e todas as suas divisões são fundamentais para estabelecer novos campos na área da saúde. O conhecimento advindo dessas novas pesquisas abre caminho para compreendermos as relações existentes na interpretação de exames, maior facilidade e agilidade para diagnósticos de patologias e seus tratamentos, além de auxiliar no desenvolvimento de medicamentos e outras terapias mais assertivas.


Apesar de relativamente recentes, as tecnologias ômicas vêm se desenvolvendo e ganhando cada vez mais espaço, levando inovações e facilidade para as áreas que as utilizam. Por esse motivo, é interessante que informações acerca dessa temática sejam abordadas com maior frequência, especialmente levando em consideração os benefícios que seus estudos trazem para a saúde no geral. Assim, as ciências ômicas representam uma nova abordagem de identificação de doenças, precocemente, o que facilita o diagnóstico, tratamento, cura e também prevenção.


---


Referências bibliográficas

FIALHO, Eliane; MORENO, Fernando Salvador; ONG, Thomas Prates. Nutrição no pós-genoma: fundamentos e aplicações de ferramentas ômicas. Revista de Nutrição, [S.L.], v. 21, n. 6, p. 757-766, dez. 2008. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s1415-52732008000600014.


RAMOS, Jaiane dos Santos. Estudo sobre o conhecimento acerca dos conceitos de metagenômica do microbioma intestinal e a prescrição de nutracêuticos. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Centro Universitário Maria Milza - Governador Mangabeira - BA, 2022. 75 f.


GELELETE, Thainá Berbert. Aplicação das Ciências Ômicas. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Centro Universitário de Brasília - Brasília - GO, 2020. 21 f.


111 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page