top of page
  • Foto do escritorEquipe

Qual a influência da microbiota nas doenças ósseas


A microbiota intestinal refere-se aos microrganismos, bactérias, fungos e vírus, que estão presentes no intestino e desempenham diversas funções no organismo, além de se comunicarem com diversos sistemas e tecidos.


A microbiota se comunica com os ossos através do eixo intestino-osso, e através de alguns meios como pela integridade da barreira intestinal, produtos do metabolismo da microbiota intestinal, sistema imunológico e endócrino. Alterações na microbiota podem alterar a saúde óssea e ter uma influência sobre as doenças ósseas.


As principais doenças ósseas são a periodontite, osteopenia, osteoporose e osteoartrite, e alguns estudos mostraram que pacientes que apresentam essas doenças, estavam com uma disbiose intestinal. A disbiose intestinal é um fator de risco para o desenvolvimento de doenças ósseas, e ela pode ocorrer devido a uma alteração da microbiota, sendo o principal fator que altera a microbiota é a alimentação.


Dietas com alto teor de fibras têm melhores repercussões na saúde e uma microbiota mais saudável, devido a uma maior produção de ácidos graxos de cadeia curta, que apresentam vários benefícios para o organismo, especialmente para a saúde óssea. Já dietas com alto teor de proteína e gordura apresentam consequências negativas para a microbiota e para a saúde. Pacientes com doenças inflamatórias intestinais têm uma composição de microbiota intestinal mais prejudicada e uma menor absorção de nutrientes, comprometendo a saúde óssea e apresentam uma perda óssea, uma vez que diversos nutrientes são essenciais para a saúde óssea, favorecendo o surgimento de uma doença óssea.


A Periodontite é uma inflamação no periodonto, e se comunica com a microbiota intestinal através da microbiota periodontal e a saúde geral do indivíduo, essa inflamação oral pode influenciar na microbiota intestinal, assim como a microbiota intestinal pode influenciar a cavidade oral. Essa comunicação entre eles se dá através do próprio trato gastrointestinal, como também pela corrente sanguínea.


A osteopenia e a osteoporose são doenças onde há uma diminuição da massa óssea, uma em um menor nível e a outra em um nível mais grave. A menopausa pode levar a osteopenia e osteoporose, devido a uma baixa produção de estrogênio (previne a reabsorção óssea), há uma ligação entre estrogênio e microbiota intestinal, e alguns estudos mostram que indivíduos que apresentam osteopenia e osteoporose pós menopausa apresentam alterações na microbiota intestinal.


A osteoartrite é uma doença articular onde há degeneração da cartilagem. A comunicação entre ela e a microbiota intestinal se dá pelos fatores de risco, uma vez que a microbiota influencia nos fatores de risco para o desenvolvimento dessas doenças. Pacientes com osteoartrite de joelho apresentam alteração na composição da microbiota intestinal, através da demonstração de alguns artigos.


Com essa comunicação entre microbiota intestinal e doenças ósseas, percebe-se que para a prevenção e tratamento dessas doenças deve ser levado em conta a saúde intestinal desse indivíduo. Dietas com alto teor de fibras e variada são positivas para a composição da microbiota intestinal, além de fornecerem mais vitaminas e minerais essenciais para a formação óssea. Alguns padrões de dieta se mostram positivos para a saúde óssea, como dietas vegetarianas e veganas e o padrão mediterrâneo. Estudos mostram que a suplementação de prebióticos e probióticos também apresentam benefícios para a composição da microbiota, melhorando a saúde geral e óssea.


---


Referências bibliográficas

FAN Y., & PERDERSEN, O. Gut microbiota in human metabolic health and disease. Nature Reviews Microbiology, 2020. doi:10.1038/s41579-020-0433-9


JIA, Xiaoyue et al. Gut-bone axis: a non-negligible contributor to periodontitis. Frontiers in Cellular and Infection Microbiology, p. 1135, 2021.


RIZZOLI, René; BIVER, Emmanuel; BRENNAN-SPERANZA, Tara C. Nutritional intake and bone health. The lancet Diabetes & endocrinology, v. 9, n. 9, p. 606-621, 2021.


TU, Ye et al. The microbiota‐gut‐bone axis and bone health. Journal of Leukocyte Biology, v. 110, n. 3, p. 525-537, 2021.

69 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page